Quinta, 24 de Junho de 2021 20:44
(45)99934-2671
Justiça Tocantins

Sistema Penal do Tocantins inicia imunização de custodiados e servidores contra Influenza

Vacinação nas Unidades Penais segue a terceira etapa de vacinação do calendário nacional

11/06/2021 19h10
13
Por: Carlos Zaffari Fonte: Secom Tocantins
Policiais penais também foram imunizados durante a ação de saúde na Unidade Penal de Colmeia - Foto: Seciju/Governo do Tocantins
Policiais penais também foram imunizados durante a ação de saúde na Unidade Penal de Colmeia - Foto: Seciju/Governo do Tocantins

Em continuidade ao Calendário Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza e, para garantir a preservação da saúde no ambiente carcerário, a Secretaria do Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Superintendência de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional, está imunizando custodiados e servidores das Unidades Penais do Tocantins contra a gripe.

A Campanha dentro dos estabelecimentos penais está sendo promovida pela Gerência de Assistência Educacional e Saúde da Seciju e começou na quarta-feira, 9, em parceria com as secretarias municipais de saúde. As Unidades Penais de Arraias, Colmeia e Ananás já realizaram, só nos dois primeiros dias da terceira etapa de vacinação, a imunização de custodiados e policiais penais.

A gerente de Assistência Educacional e Saúde ao Preso e Egresso, Marluce Oliveira, ressalta a importância de garantir a prevenção contra a gripe, tanto para pessoas em cumprimento de pena quanto para a equipe técnica que trabalha nas unidades penais.“A vacinação da população carcerária é de fundamental importância para a imunização, considerando a vulnerabilidade epidemiológica dessa população”, conclui.

O chefe da Unidade Penal de Arraias, Myller Bispo, afirma que as ações voltadas para a saúde dos custodiados auxiliam na prevenção de enfermidades no âmbito prisional. “Essa ação tem sido de grande importância para a diminuição e o controle de doenças dentro do cárcere. Sendo assim, há uma diminuição de custodiados com necessidade de atendimentos médicos, devido às ações preventivas como essa”, ressalta.

Segundo o custodiado, E.A.S., ter seu direito de acesso à saúde garantido dentro do Sistema Penal é gratificante. “Para mim, é uma felicidade, porque podemos observar que mesmo preso, o serviço de assistência à saúde está chegando até nós. Sem contar que vacinado, o risco de contrair alguma doença diminui bastante".

Terceira etapa da Vacinação

Entre 9 de junho e 9 de julho, serão vacinadas as pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades); pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; forças armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.