Sábado, 24 de Julho de 2021 10:40
(45)99934-2671
Geral Paraná

Sistema de transporte inovador da Cidade do México pode inspirar teleféricos no Paraná

O governador Ratinho Junior fez uma visita técnica ao Cablebus, que entrou em operação no último dia 11 de julho e transporta de 40 mil a 50 mil pa...

21/07/2021 15h25
7
Por: Carlos Zaffari Fonte: Secom Paraná
© AEN
© AEN

Uma linha de teleférico com 9,2 quilômetros de extensão se tornou a nova solução para o transporte público da Cidade do México, uma das mais populosas do mundo. Nesta quarta-feira (21), o governador Carlos Massa Ratinho Junior fez uma visita técnica ao Cablebus, que entrou em operação no último dia 11 de julho e transporta de 40 mil a 50 mil passageiros diariamente, fazendo a ligação entre as regiões de Cuautepec e Indios Verdes.

Para o governador, que participa de umamissão oficial no Méxicoao longo desta semana, as inovações adotadas na capital do país servem de exemplo para as políticas de transporte do Paraná, especialmente para o que pode ser implantado na Região Metropolitana de Curitiba, que já tem um sistema integrado, mas que pode ser modernizado.

“Somada com a população de sua Região Metropolitana, a Cidade do México concentra quase 20 milhões de habitantes, praticamente o dobro da população do Paraná. É uma cidade que vem se modernizando cada vez mais para atender esse volume de pessoas”, disse.

Segundo o governador, o transporte público através do teleférico é um exemplo de inovação que também tem sido adotada em outras regiões, como em Londres e na Bolívia. “Esse percurso, de cerca de 10 quilômetros, levava 1h30 de ônibus e agora pode ser percorrido em até 30 minutos. A linha faz a ligação entre bairros populosos e é possível fazer a integração com outros modais, como ônibus e metrô”, ressaltou.

CABLEBUS– Cada cabine do Cablebus tem capacidade para transportar até dez pessoas e são equipadas com Wi-Fi. A linha 1 conta com seis estações e 337 cabines, que circulam diariamente e fazem a conexão com linhas de metrô, metrobus (sistema de transporte de ônibus expressos) e ônibus. Uma segunda linha de teleférico deve ser inaugurada no próximo sábado (24), com extensão de 10,5 quilômetros.

A previsão é que outras duas linhas sejam implantadas na cidade, totalizando 34 quilômetros de extensão. Elas conectam as áreas mais altas às mais baixas, uma solução para a mobilidade em regiões da Cidade do México que, por causa da topografia e da saturação do transporte privado, impediam a chegada de transporte público com eficiência e segurança.

Para Gilson Santos, diretor-presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), o sistema de transporte reúne uma série de inovações: é silencioso, rápido, ambientalmente correto, tem possibilidade de captação de energia solar, conta com acesso gratuito à internet, promove a inclusão social e faz a conexão com todos os modais.

"Essa visita ajudou a conhecer na prática a concepção do projeto, os estudos de demanda, a topografia, a ocupação do espaço público, as estações, a forma de contratação. Dessa forma vamos começar a avaliar estudos no Paraná, principalmente para a Região Metropolitana de Curitiba, para começar a viabilizar projetos dessa natureza", disse.

"O teleférico já é uma realidade do continente sul-americano, da América do Norte, e é adotado na Europa. Isso tudo por causa da capacidade de integração com outros modais", complementou.

MISSÃO OFICIAL– Além da visita técnica ao Cablebus, o governador Ratinho Junior também cumpre agenda nesta quarta no Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento, entidade sem fins lucrativos que promove o transporte sustentável e equitativo no mundo. Na quinta-feira (22) ocorrerá o Paraná Day, no Salão Nobre da Embaixada do Brasil no México. Trata-se de uma conversa ampla e franca com empresários, adidos comerciais e diplomatas para apresentar as características e os potenciais econômicos do Paraná e das suas empresas públicas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.